quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

UMA CERTEZA TÃO NÍTIDA...


imagem google


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

UMA CERTEZA TÃO NÍTIDA...

Está em mim... esta certeza tão nítida de que tudo é tão verdadeiro.
Não se pode matar um sentimento quando não temos acesso a ele...
A natureza é sábia e o colocou num local difícil de ser tocado: o coração.
E vivemos esta vida querendo intensificar a sensação que este sentimento a que convencionamos chamar ‘Amor’ nos proporciona...
Não há a certeza de nada! Nem se este sentimento está realmente no coração...
Um órgão vital para o funcionamento desta máquina que o abriga e que é animado por uma energia que foge ao nosso nível de compreensão.
Se a Alma é o elo que une o corpo ao Espirito, será que está nela?
Acredito no meu sentir!
Acredito na minha intuição.
Tenho por verdade que a vida é conduzida por nós.
E por aqueles que vieram antes de nós e a nossa geração ficará com o fizermos.
Não é num estalar de dedos que podemos mudar as coisas; não adianta eu querer um carro e ir a uma concessionária se eu não tiver dinheiro. Neste mundo capitalista, em que o dinheiro rege tudo... ele fala mais alto.
Nem todos que estão numa posição inferior é culpado por isto.
Que culpa tem uma pessoa por ter nascido numa familia pobre e sem condições de lhe dar um bom estudo e sendo assim, a oportunidade de ter um bom emprego e ganhar um bom dinheiro?
Muitas vêzes o jovem tem que fazer a opção: trabalha ou estuda!
Voce pode dizer que isto não existe, porque pelas leis e blá,blá, blá...
Uma pessoa acorda ás 04h00 da manhã, sai as 04h30 de casa para atravessar a cidade para trabalhar, chega em casa às 22h00 e ganha um salário mínimo e detalhe, precisa ajudar seus pais em casa... tem como esta pessoa estudar? Isto existe sim. Às vêzes a pessoa pensa e muda as coisa, apesar do cansaço, no meio do caminho encontra uma escola, vai do trabalho para a escola e chega em casa por volta da 01h00, 01h30 da manhã, vai dormir às 02h00 para acordar às 04h00 de novo.
Ah! Isto existe sim. Eu sou prova viva disto.
O mundo só é mundo, porque nós o criamos.
As leis só existem porque nós as criamos.
Agora, ele está como está, porque o homem fez dele o que ele é.
Não adianta culpar um ser superior ou inferior por suas desditas.
E o que tem o amor a ver com tudo isto?
Este sentimento nos dá força, sensação de vida.
Nos deixa bobos, anestesiados e temos o paraíso aqui na Terra.
Se vamos para algum lugar depois da passagem por aqui... de onde viemos...
Quem sabe?
Já estou aqui a um certo tempo e não decobri ainda.
O meu sentir diz que nada termina.
É uma dimensão dentro de outra dimensão, um universo dentro de outro universo.
Sem misticismo, sem a concepção que tentaram me fazer acreditar.
Mas não me preocupo com isto!
Tudo a seu tempo e agora é tempo de viver!
E esta certeza tão verdadeira... está comigo.


Kira, Penha Gonçales

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sentimentos... lirismos, verdades da Alma e coração.

ESCRITOR, PARABÉNS PELO SEU DIA!

foto de Penha ESCRITOR, PARABÉNS PELO SEU DIA! Me levas a viagens desconhecidas Traz conhecimento para minha vida Na lua já estive N...