terça-feira, 7 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL!



imagem google


FELIZ NATAL!

Natal…
Época linda!
Tempo em que todos escrevem coisas maravilhosas.
Fica um clima diferente, ameno, gostoso…
Como eu costumo dizer: Um cheiro de Natal!
As pessoas ficam mais cordiais, mais amáveis… até abraça o seu próximo!
Todos falam em união, em paz, em amor…
Nos lugares que estão em guerra há uma trégua para a comemoração.
As casas são enfeitadas, as ruas ornamentadas… tudo muito lindo!
Até parece que estamos vivendo em outro mundo… outro mundo.
Depois de tanto preparo, chega a noite do dia 24 para o dia 25 de Dezembro, as famílias se reúnem, pessoas que não se vêem durante o ano todo se encontram, se abraçam… e enchem a cara!
Quanta hipocrisia!
Muitos na verdade nem se quer lembram qual é o verdadeiro sentido do Natal.
Para muitas crianças, Natal é época de ganhar presente, quando um velhinho gordo de roupas vermelhas, barbas brancas vem visitar e traz o que pediram.
Então para muitas crianças a realidade lhes apunhala o peito e perguntam:
- por que o Pedrinho ganhou aquele carrinho de controle remoto, o João uma moto menor, mas que anda igual a do irmão dele e eu ganhei esta bola de plástico? Se eu fui bom, ajudei a cuidar do meu irmão para a mamãe trabalhar? A Marcia ganhou uma meia e não o teclado que ela queria? Não entendo, ela ajudava a mãe dela a limpar a casa todos os dias e sempre tirou boas notas…
Neste momento a criança sente na pele o que é desigualdade social, mesmo sem entender, percebe e sente que é menos que o outro.
Porco Capitalista este que inventou o Papai Noel que conhecemos!
Aquele velhinho com cara de idiota que fica dizendo:Ho!Ho!Ho!
Porque os velhinhos normais, são colocados em asilo, por muitos filhos, que nesta noite estão em volta deste tal velhinho, brindando com uma taça de champagne na mão, se achando merecedor do presente desejado.
Neste mesmo momento muitos moradores de rua também brindam, da forma que podem, com um certo “que” de esperança no olhar, no fundo esperam que suas situações mudem, como num passe de mágica… Ainda bem que ainda não é cobrado pela dádiva de sonhar!
Caramba! Alguém aí lembrou do aniversariante deste dia?
Alguém lembrou do motivo do Natal, que não o enriquecimento do comércio e um dia em que os que “tudo tem” se dão ao luxo de sentirem que fazem a sua parte pela sociedade, dando alguma doação para alguma casa de caridade?
Alguém, por um acaso, lembrou do molequinho que nasceu naquela manjedoura, no meio de burros, cabras, galinhas, vaquinhas e muita palha?
É?! Aquele que cresceu pensando diferente, agindo diferente e por compreender que a vida era muito mais do que tanta futilidade e jogo de poder por quem vai herdar a terra; abriu a boca, defendeu seus interesses e foi pregado numa cruz; por nós mesmos, que nos intitulamos: seres humanos!
Se Ele voltasse novamente, certamente seria morto, por mexer nos interesses políticos e nos nossos interesses mesquinhos… Assista o filme “Projeto Judas”, se tiver oportunidade e se quiser assistir, pois sei que entre "Crepúsculo" e um filme que retrata algo que para muitos é história da carochinha e nos faz pensar, melhor é o que diverte e tem muita cena de sexo!
Pois é…
Agora, brincando um pouco de Pollyanna, vou ver pelo lado bom: pelo menos neste momento, os seres sonham, se sentem felizes, mesmo não tendo um teto sobre suas cabeças e por alguns momentos fica uma aura de amor, paz e fraternidade em torno do Planeta, que na verdade faz bem para o Universo todo…
Quem dera todos os dias fossem Natal, então!
Feliz Natal para todos!

Kira, Penha Gonçales






Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sentimentos... lirismos, verdades da Alma e coração.

ESCRITOR, PARABÉNS PELO SEU DIA!

foto de Penha ESCRITOR, PARABÉNS PELO SEU DIA! Me levas a viagens desconhecidas Traz conhecimento para minha vida Na lua já estive N...